Segunda, 15 de Julho de 2024
13°

Tempo nublado

São Paulo, SP

Polícia Arapiraca

IML de Arapiraca confirma causa da morte de cabo PM da reserva, encontrado enterrado em quintal

A chefia do IML de Arapiraca também confirmou que o corpo permanecia na unidade aguardando a identificação oficial que foi concluída hoje

28/06/2024 às 18h39 Atualizada em 28/06/2024 às 18h43
Por: Redação Fonte: Assessoria
Compartilhe:
IML de Arapiraca confirma causa da morte de cabo PM da reserva, encontrado enterrado em quintal

O Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca confirmou na manhã de hoje (28), a causa da morte do policial militar da reserva Sérgio Murilo Nobre da Silva. O exame de necropsia identificou um trauma cranioencefálico (TCE) como motivação da morte da vítima de 61 anos.

Segundo Jânio Macário, perito médico legista responsável pelo caso, mesmo diante do estado do corpo da vítima, estado de putrefação, foi possível confirmar a causa do óbito. O resultado do exame de necropsia que identificou o TCE como origem da morte do militar da reserva irá contribuir para a Polícia Civil definir a dinâmica do crime.

Sérgio Murilo foi descoberto enterrado em um quintal de uma casa no bairro Manoel Teles, Arapiraca, após meses de seu desaparecimento, ocorrido em fevereiro. O local onde estava enterrado foi descrito pelo perito criminal Victor Portela do Instituto de Criminalística de Arapiraca como um buraco coberto com terra e piso de concreto sobre a área.

A chefia do IML de Arapiraca também confirmou que o corpo permanecia na unidade aguardando a identificação oficial que foi concluída hoje. O órgão integrante da Polícia Científica de Alagoas informou que ele foi identificado através da antropologia forense, a família foi comunicada e deverá comparecer ainda nesta sexta para fazer a liberação do corpo para sepultamento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias