Segunda, 15 de Julho de 2024
13°

Tempo nublado

São Paulo, SP

Polícia Alagoas

Saiba quem são os influenciadores presos envolvidos no 'Jogo do Tigrinho'

Paulinha Fernandes e Ygor Ferreira retornaram de Dubai recentemente e estavam em Marechal Deodoro quando foram detidos

25/06/2024 às 11h57
Por: Redação Fonte: Diário do Nordeste
Compartilhe:
Saiba quem são os influenciadores presos envolvidos no 'Jogo do Tigrinho'

Dois influenciadores foram presos, na manhã desta terça-feira (25), por propagandas fraudulentas do 'Jogo do Tigrinho'. Trata-se do casal Paulinha Fernandes e o marido dela, Ygor Ferreira. Eles retornaram de Dubai recentemente e estavam em Marechal Deodoro, quando foram detidos.

Investigada pela Polícia Civil (PC), Paulinha mora em Alagoas e tinha quase 1 milhão de seguidores no Instagram, mas desativou a conta após a repercussão do caso.

Nas redes sociais, ela ostentava carros importados e afirmava que tinha comprado os veículos com o dinheiro que ganhou no 'Jogo do Tigrinho'.

Diversos veículos da influenciadora foram apreendidos nesta semana, após investigações apontarem que ela fazia propagandas enganosas do jogo.

A Delegacia de Estelionatos teve acesso a uma conta demo, usada por Paulinha e outros influenciadores. Ao utilizarem a conta, eles obtinham ganhos de maneira rápida e fácil, enganando os seguidores.

"Eles influenciaram muitas pessoas com essa informação falsa, sem informar que se tratava de uma conta só de demonstração", afirmou Eduardo Mero, delegado-geral adjunto da Polícia Civil de Alagoas.

Para o delegado, Paulinha faz parte de uma organização criminosa junto com outros 11 influenciadores e agentes, sendo um deles o marido dela, Ygor Ferreira.

Os advogados do casal afirmam que não existe nos autos da investigação a comprovação da prática de qualquer conduta criminosa e que eles não podem ser responsabilizados por eventuais problemas que os jogadores tenham enfrentado com as plataformas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias