Terça, 25 de Janeiro de 2022 20:41
82 9996921076
Dólar comercial R$ 5,44 -0.938%
Euro R$ 6,15 -1.099%
Peso Argentino R$ 0,05 -1.136%
Bitcoin R$ 213.103,49 +0.157%
Bovespa 110.629,67 pontos +2.49%
Política Eleições 2022

Sem lideranças políticas expressivas, Alagoas conta com quatro entre cinco pré-candidatos ao Governo

Eleição pela única vaga no Senado será a grande surpresa da eleição 2022

04/01/2022 06h08
Por: Roberto Gonçalves Fonte: Roberto Gonçalves
Sem lideranças políticas expressivas, Alagoas conta com quatro entre cinco pré-candidatos ao Governo

O cenário político de Alagoas com vistas a sucessão do governador Renan Filho (MDB) está praticamente formatado. O deputado estadual Paulo Dantas (MDB) com liderança política no Sertão e a experiência de dois mandatos de prefeito em Batalha e dois mandatos de deputado estadual, é pré-candidato com o respaldo da Assembleia Legislativa Estadual (ALE) e do governador Renan Filho. Dantas já está em plena pré-campanha no Estado inclusive com o slogan “Paulo Dantas, 100% Alagoas”. Em todo o Estado, bonés com a mensagem estão sendo distribuídos, inclusive em Arapiraca

O senador Rodrigo Cunha (PSDB) anunciou que vai para disputam, conta com o apoio do prefeito de Maceió, JHC, que tem interesse na candidatura de Cunha pelo fato natural de sua mãe, ex-prefeita de Ibateguara, Eudócia Caldas ser a primeira suplente de Rodrigo Cunha no Senado. Se eleito, JHC amplia seu poder político em Alagoas. Até mesmo uma licença de Rodrigo Cunha para se integrar com mais folego a campanha ao governo será favorável para o jovem prefeito de Maceió.

O ex-prefeito de Maceió, Rui Palmeira. Que comanda em nível de Estado o PSD, vai anunciar neste mês de janeiro sua pré-candidatura ao governo de Alagoas. Com votos localizados apenas em Maceió e pouco conhecido no interior do Estado vai enfrentar um grande desafio nesse projeto político. O nome do prefeito Renato Filho ainda poderá surgir como pré-candidato ao governo, no entanto, não conta mais com o apoio do governador Renan Filho e essa possibilidade já está descartada.

 Renato terá espaço com Renan Filho, goza da confiança. e Renan Filho coloca que discutirá com Renato Filho um grande projeto para Alagoas. O nome do ex-vice-governador e médico cardiologista José Vanderley vem sendo citado nessa eleição majoritária. É um nome forte, representativo e tem história em Alagoas na condição de uma importante reserva política.

Mais recentemente. surgiu a possibilidade da bancada feminina na Casa de Tavares Bastos composta por cinco mulheres apresentem candidatura majoritária. A bancada é composta por; Jô Pereira, Cibele Moura, Ângela Garrote. Fátima Canuto e Flávia Cavalcante. 

Disputa pela única vaga no Senado será a grande surpresa da eleição 2022

A aliança entre o deputado federal Arthur Lira (PP) e o governador Renan Filho (MDB) foi trabalhada por alguns grupos da política alagoana, mas não obteve o esperado. Os dois juntos no mesmo palanque em 2022 é improvável, quase impossível no cenário político atual.

O presidente da Câmara dos Deputados, mandou o recado aos seus interlocutores, tem acordo para apoiar o candidato a governador do grupo de Marcelo Victor (Solidariedade) O nome do deputado Paulo Dantas está assegurado.

Quanto ao voto no único candidato ao Senado pode se tornar um problema na formação dessa chapa majoritária no Estado. O governador Renan Filho estará no processo apenas como pré-candidato e não na condição de governador com a caneta na mão e o domínio da chave do cofre. Nesse aspecto, o grande comandante do processo sucessório em Alagoas está com Arthur Lira e o governador “Tampão”

Na pratica, o Grupo de Lira, deveria apoiar a reeleição de Fernando Collor (PROS) no entanto. essa possibilidade é improvável. Será problema para a reeleição de Collor e muito mais problema para o projeto de Renan Filho conquistar a única vaga no Senado com a divisão de votos.  

Isso porque Arthur Lira não pretende votar em Renan Filho, se ele for candidato ao Senado, ainda que o atual governador anuncie aliança com o grupo do deputado estadual Marcelo Victor. “O que pode acontecer é que Arthur Lira apoiará um outro nome para o Senado, podendo inclusive lançar um nome pelo PP”, avisa um importante interlocutor do Progressistas.
Quanto a indicação de nomes o PP tem em seus quadros, a exemplo de prefeitos, deputados estaduais e vereadores. Além disso, o partido pode filiar outros nomes. Essas definições serão tomadas nos próximos dias avaliam analistas políticos.

“O que não dá para imaginar é que Arthur Lira vai participar da eleição apenas apoiando o candidatoo a governador, vice e senador escolhidos pelo Palácio dos Palmares. Pode ter certeza que o PP manterá o acordo com Paulo Dantas, mas não deixará de ter um nome seu, ao Senado”, anunciou uma importante fonte do cenário político alagoano.

Essa amostragem de “garras” do presidente da Câmara dos Deputados é um recado para o governador Renan Filho e por tabela, para a maior liderança política do segundo colégio eleitoral do Estado, o prefeito Luciano Barbosa (MDB). O prefeito da cidade mais importante do interior do Estado está colocando seu filho Daniel Barbosa na disputa por uma das nove vagas na Câmara dos Deputados.

Está definido pelo senador Renan Calheiros, que Daniel vai disputar a eleição pelo MDB, que tem o nome forte do deputado federal Isnaldo Bulhões na disputa pelo terceiro mandato, além de Március Beltrão. Existe uma forte possibilidade da entrada na disputa pata deputado federal, do secretário de Estado de Segurança Pública, Alfredo Gaspar, que já anunciou que vai permanecer no MDB. De acordo com analistas políticos o MDB deve fazer dois deputados federais. Quem vai sobrar ? o assunto será para uma outra pauta.

No comando da Câmara dos Deputados Arthur Lira impulsionou grande volume de recursos para Arapiraca

eleição de Lira para o comando da Câmara dos Deputados, de acordo com matéria veiculada pela Folha de São Paulo impulsionou o volume de recursos destinados a Alagoas. Em 2020, foram empenhados R$ 285 milhões para o estado em emendas de relator e R$ 449 milhões em 2021 —número que deve ter crescido até o fim do ano.

Dos R$ 69 milhões destinados em emendas do relator para Arapiraca, 90% são recursos repassados pela Codevasf, órgão federal ligado ao Ministério do Desenvolvimento Regional cuja superintendência em Alagoas é comandada por Joãozinho Pereira, primo de Arthur Lira.

A assessoria de Arthur Lira diz que "todos os recursos de emendas são indicados pelos deputados da bancada alagoana, com indicação de deputados de várias legendas, inclusive de oposição". Deputados de oposição a Bolsonaro, contudo, dizem não ter influência no destino das emendas.

A Codevasf informa que "encaminhamentos relacionados à responsabilidade por indicações de recursos destinados à Codevasf são externos" ao órgão.

Os recursos repassados pela Codevasf foram 100% destinados à pavimentação de vias com asfalto ou com paralelepípedos. A maior parte foi destinada aos bairros Verdes Campos, Guaribas e São Luís.

Um dos contratos no valor de R$ 2,3 milhões foi destinado a pavimentar uma estrada de terra de 6 km que liga o bairro Canafístula ao povoado Cangandu, que fica na zona rural da cidade. A Folha percorreu o trecho na primeira semana de dezembro, e as obras estavam paradas.

"Só fizeram um pedaço pequeno da pista. Do jeito que vai, só terminam na época da eleição", diz o agricultor Jose Valdemir de Souza, 54, que trabalha com a cultura do fumo e mora na região desde que nasceu.

O casal de aposentados Pedro Severiano, 77, e Maria Gomes, 70, tomou uma queda de moto ao derrapar na piçarra que foi jogada sobre o leito da estrada de terra, que permaneceu inconclusa: "Só jogaram essas britinhas aí e depois pararam a obra", diz Severiano.

O povoado Cangandu abriga famílias de baixa renda que vivem da agricultura, mas a estrada que liga o povoado à zona urbana da cidade abriga dezenas de chácaras, haras e fazendas, incluindo um parque de vaquejadas —prática que é uma das paixões de Arthur Lira.

 

 

  

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (26/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (27/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias