Quinta, 02 de Dezembro de 2021 09:21
82 9996921076
Geral Perseguição

Prefeito Julio Cezar processa criminalmente radialista Antônio Oliveira

Ação seria tentativa de intimidação

23/11/2021 19h57
Por: Roberto Gonçalves Fonte: Tribuna do Sertão
Prefeito Julio Cezar processa criminalmente radialista Antônio Oliveira

O prefeito de Palmeira dos Índios Júlio Cezar (MDB) processou o radialista Antonio Oliveira (Difusora e Radio Sampaio) por ter lhe tecido críticas em seu programa esportivo.

A motivação do processo (número 0701160-15.2021.8.02.0046)  se deu porque após uma partida do CSE contra o CSA em maio passado, o radialista lamentou o fato do prefeito ter levado a imprensa de Maceió (que foi à Palmeira dos Índios cobrir a partida do Campeonato Alagoano) para jantar em um restaurante de luxo na Serra do Goití e não convidou a imprensa local para o “rega-bofe”.

 

O radialista é tio do procurador-geral da prefeitura Klenaldo Oliveira e nem essa relação familiar com um subordinado de sua extrema confiança fez aplacar a atitude de Julio Cezar (conhecido por “imperador”) de ingressar nas vias judiciais contra o respeitado radialista.

O advogado Lucas Almeida que é associado ao escritório do presidente da OAB Nivaldo Barbosa ingressou com o pedido de explicação em juízo em desfavor do radialista equivocadamente numa das varas cíveis da Comarca de Palmeira dos Índios, mas o juiz André Parizio Maia Paiva decidiu pela incompetência do juízo e enviou o processo para a 4ͣ Vara criminal de Palmeira dos Índios por se tratar de crime insculpido no artigo 144 do Código Penal.

Art. 144 – Se, de referências, alusões ou frases, se infere calúnia, difamação ou injúria, quem se julga ofendido pode pedir explicações em juízo. Aquele que se recusa a dá-las ou, a critério do juiz, não as dá satisfatórias, responde pela ofensa.

O prefeito quer saber do radialista, se saberia indicar, de modo especificado, aquele que teria lhe transmitido a informação de que um jantar estaria sendo pago pelos cofres da Prefeitura de Palmeira dos Índios – “recebi uma informação aqui”; se, ao mencionar “por conta da Prefeitura do Cristo do Goiti”, o requerido se refere ao Erário da Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios; se, nas palavras do requerido, existe a intenção de acusar o requerente de ter patrocinado jantar particular com dinheiro público e se tem como comprovar o que alega.

Na petição o advogado anexa um recibo do restaurante – instalado através de uma permissão do próprio prefeito numa área pública – no valor de R$980,00 (novecentos e oitenta Reais) para justificar o pagamento da despesa como de “ordem pessoal”.

De toda sorte, mesmo que tenha pago com recursos pessoais ao contrário do que foi informado ao radialista Antonio Oliveira, o prefeito não convidou a imprensa local que cobre o setor esportivo para participar de seu “rega-bofe” autopromocional.

Conhecido em toda Alagoas, o radialista Antonio Oliveira também é narrador esportivo e considerado por muitos um profissional de conduta retilínea, sem máculas em sua carreira radiofônica.

 

Profissionais do setor classificam a atitude do “imperador” como mesquinha e de perseguição, uma tentativa de intimidar o profissional do rádio.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (03/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sábado (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias