Sábado, 13 de Novembro de 2021 22:30
82 9996921076
Dólar comercial R$ 5,45 0%
Euro R$ 6,25 0%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.055%
Bitcoin R$ 375.929,63 +1.123%
Bovespa 106.423,05 pontos -1.09%
Política Escândalo

Operação Tanque Furado revela gastos “incomuns” de Rodrigo Cunha com combustíveis

Entre fevereiro de 2019 e agosto de 2021, os gastos do senador com combustíveis somaram R$ 544.517,51

13/11/2021 10h30
Por: Roberto Gonçalves Fonte: Congresso em Foco
Operação Tanque Furado revela gastos “incomuns” de Rodrigo Cunha com combustíveis

Um levantamento realizado pela Operação Política Supervisionada (OPS), instituto que investiga despesas parlamentares e órgãos públicos, mostra que entre fevereiro de 2019 e agosto de 2021 o senador Rodrigo Cunha registrou gastos de mais de meio milhão de reais com combustíveis. 

De acordo com o levantamento da Operação Tanque Furado,o gabinete do senador Rodrigo Cunha teve gastos “incomuns” com combustíveis.

O gabinete do senador foi um dos incluídos na “operação” por supostas falhas na prestação de contas. “Nas notas fiscais auditadas, apenas em uma delas há a identificação do consumidor nas NFC-e, documentos referenciados, o que contraria o Ato do Primeiro Secretário Nº 5, de 2014.”, relata a OPS.

No período, os gastos de Rodrigo Cunha com combustíveis somaram R$ 544.517,51, o que equivale a pouco mais de R$ 18,1 mil mensais.

O senador Rodrigo Cunha se comprometeu a corrigir as falhas, segundo reportagem do Congresso em Foco. “Diante do relatório da Operação Política Supervisionada (OPS) que indicou brechas na prestação de contas de senadores quanto às leis de Transparência e de Acesso à Informação para ressarcimento de combustível com verba indenizatória, os parlamentares negaram irregularidades. Alguns deles, porém, se comprometeram a adotar práticas que permitam maior transparência, como a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) e o senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL)”, diz a reportagem.

Rodrigo Cunha, listado pela ausência de identificação do consumidor nas notas, afirmou à reportagem que cumpre “com rigor todas as normativas para o uso probo e transparente dos recursos da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar dos Senadores – CEAPS”.

Segundo o Congresso em Foco, o senador também afirmou que falta no próprio sistema “uma janela específica para inserção de dados de identificação de servidor público do Senado”, como existe nos casos de despesas com hospedagens e passagens aéreas.

“O gabinete do senador reforça seu compromisso com a transparência total de seu mandato e informa que vai requerer à Mesa Diretora do Senado Federal que aperfeiçoe o sistema administrativo on line da Casa, com urgência, para que estes formulários sejam atualizados e para que as informações fiquem integralmente ao pleno alcance da sociedade alagoana e brasileira”, disse o senador por meio da assessoria.

 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (14/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Segunda (15/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias