Quinta, 02 de Dezembro de 2021 10:23
82 9996921076
Geral Justiça

Julgamento de matadores de filho de ex-secretário de Educação de Arapiraca é adiado

Hudson trabalhava, era estudante de Direito e estava desaparecido, quando o corpo deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca no 30 de dezembro de 2019, mas foi assassinado no dia 28 de dezembro do mesmo ano.

12/11/2021 16h35
Por: Roberto Gonçalves Fonte: Já é notícia
Julgamento de matadores de filho de ex-secretário de Educação de Arapiraca é adiado

O julgamento dos assassinos do jovem Hudson Marques Melanias que aconteceria no dia 19 de novembro, às 10 horas, no Fórum de São Sebastião, foi adiado para o dia 8 de fevereiro. Ele era filho do ex-secretário de Educação de Arapiraca, Janeo Melanias.O Tribunal de Justiça de Alagoas informou ao Já é Notícia que a motivação foram as eleições da OAB.

Hudson trabalhava, era estudante de Direito e estava desaparecido, quando o corpo deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca no 30 de dezembro de 2019, mas foi assassinado no dia 28 de dezembro do mesmo ano.
 

Os acusados, identificados como Edinaldo Santos Silva, conhecido como “Seninha”, e Jackson de Souza Lima foram presos na mesma semana e confessaram o crime. Na época, eles alegaram que a motivação do assassinato foi um desentendimento entre Hudson e Jackson.

Após fingirem que a desavença estava resolvida, eles viajaram para a praia e ao chegar em São Sebastião, levaram o jovem para dentro de um canavial e o assassinaram. Hudson estava com a quantia de 2 mil reais em espécie, para viajar, e teve todo o dinheiro roubado.

O crime violento chamou a atenção de todo o estado que prestou solidariedade à família e amigos.
 

Confira abaixo a nota do TJ: 

O júri popular do réus José Edinaldo Santos Silva e Jackson de Sousa Lima, que estava marcado para acontecer no próximo dia 19, na Comarca de São Sebastião, foi suspenso devido às eleições da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Alagoas (OAB/AL). A suspensão de atos e prazos processuais e adiamento de audiências no âmbito do Judiciário alagoano foi deliberada pelo Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), no último dia 9, atendendo ao pedido feito pela OAB/AL. Os réus são acusados de assassinarem Hudson Marques Melaneas, em dezembro de 2019. Ainda não foi definida nova data para o julgamento.
 

 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (03/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sábado (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias