Sábado, 25 de Setembro de 2021 12:31
82 9996921076
Geral Protesto

Servidores da Educação de Campo Grande fazem protestos para cobrar salários

Estão com três meses de salários em atraso, além do 13º referente ao ano passado

09/09/2021 15h24
Por: Roberto Gonçalves Fonte: NN1
Servidores da Educação de Campo Grande fazem protestos para cobrar salários

Trabalhadores da educação da rede pública municipal de Campo Grande, organizados pelo Núcleo Regional Sinteal/Arapiraca, realizaram, na manhã desta quarta-feira (08/09), em frente à sede da Prefeitura, mais um protesto contra três meses de salários não pagos (dois meses de 2021 e, acreditem, o salário de dezembro/2016) e o pagamento do 13º salário de servidoras/es aniversariantes.

Antes do protesto, os trabalhadores e diretores do Sinteal realizaram nova caminhada de luta pelas principais ruas das cidade, do mesmo jeito que ocorreu no último dia 25 de agosto, recebendo o apoio e a solidariedade da população.

O novo protesto foi motivado pela recusa da prefeita-interina, Josefa Barbosa (que é presidentae da Câmara de Vereadores), e da secretária municipal de Educação, Gleice Mabelly, em receber o Sinteal e lideranças da base, mesmo tendo recebido ofícios do Sindicato pedindo uma reunião em regime de urgência.

Segundo Carlos Jorge, diretor do Núcleo Regional Agreste, “já protocolamos, nos últimos dias mais de um ofício pedindo diálogo, mas a prefeita só respondeu a um e, mesmo assim, para não atender ao Sindicato e aos trabalhadores, alegou falta de tempo, emendando com a informação de que não tem recursos em caixa para saldar os três salários em atraso e cumprir a promessa de pagar o 13º salário na data de aniversário dos servidores e servidoras”.

Assembleia

Na última 2ª feira (06), véspera do feriado da Independência, os trabalhadores da educação pública municipal de Campo Grande atenderam convocação do Sinteal e realizaram assembleia geral para novamente discutir a situação grave por que passam, quando deliberaram pela realização do ato público de protesto e reivindicação, realizado hoje, na frente da prefeitura.

“A atitude antidemocrática e de irregularidades administrativas cometidas pela prefeitura e pela secretaria municipal de Educação aumentam ainda mais a justa indignação da categoria. Todos os trabalhadores e trabalhadoras da educação municipais estão mobilizados e ainda mais motivados na luta por seus direitos, de pagamento, já, dos salários atrasados e também o pagamento do décimo-terceiro na data correspondente de aniversário”, disse Carlos Jorge

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (26/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Segunda (27/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias