ARAPIRACA

Diretor-médico do Hospital Regional de Arapiraca orienta população sobre o coronavírus

Dr. Ulisses Pereira ressaltou que, em caso de sintomas leves, informe ao posto de saúde e fique em casa

23/03/2020 23h43
Por: Roberto Gonçalves
Fonte: Diário Arapiraca
64

Nesta segunda-feira (23), o Dr. Ulisses Pereira, diretor-médico do Hospital Regional de Arapiraca, participou do Programa Show de Notícias, da Rádio 96 Fm Arapiraca, via telefone, para falar sobre as medidas tomadas pela unidade hospitalar para evitar a disseminação do coronavírus e dar algumas orientações à população.

O radialista Marcos Porto, que está apresentando o Programa Show de Notícias, ao lado de Fabiana Farias, com a participação de Clevânio Henrique, entrevistou o médico Ulisses.

“Inicialmente, nós tomamos medidas internas como a proibição de visitas a pacientes para diminuir a circulação de pessoas dentro do hospital; as pessoas que trabalham na administração da unidade estão revezando o expediente para que não trabalhem todas em todos os dias, no mesmo horário; pessoas que fazem parte dos grupos de risco de contaminação pelo coronavírus foram temporariamente afastadas do trabalho e estamos buscando os equipamentos necessários para a proteção dos profissionais que lidam diretamente com os pacientes”, relatou o Dr. Ulisses.

Inclusive, ele disse que está enfrentando dificuldades para comprar os equipamentos de proteção para os profissionais da área porque alguns produtos estão em falta nos estabelecimentos comerciais.

“O que mais me preocupa é o fluxo de pessoas no hospital com sintomas de gripe, que estão com medo de ser coronavírus e já procuram o hospital. Isso porque, além de receber pacientes de Arapiraca, o Hospital Regional também atende pacientes oriundos de 49 municípios vizinhos, o que acaba gerando aglomeração de pessoas dentro da unidade hospitalar”, ressaltou o Dr. Ulisses.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Arapiraca, os pacientes suspeitos de coronavírus serão atendidos e acompanhados pelo 3º Centro de Saúde, localizado na Rua Lino Roberto, no bairro Santa Edwiges, em Arapiraca, que vai funcionar como Unidade Santinela.

A recomendação da Secretaria Municipal de Arapiraca é que, antes de procurar a Unidade Sentinela, a pessoa que acredita estar infectada entre em contato com a equipe de Vigilância Epidemiológica de Arapiraca, através do WhatsApp (82) 99604-0006, de domingo a domingo, das 8h às 20h. A equipe de plantão vai realizar o monitoramento inicial e dar as orientações necessárias.

A orientação ainda é de que quem apresentar sintomas leves suspeitos de coronavírus, deve entrar em quarentena imediatamente, sem contato com outras pessoas, e avisar à Vigilância Epidemiológica. Os casos que serão atendidos na Unidade Sentinela serão os encaminhados pelos Centros de Saúde e Unidades Básicas de Saúde.

“Devem procurar a Unidade Sentinela as pessoas que apresentarem os sintomas gripais com dificuldade respiratória. Aqueles que apresentarem sintomas compatíveis com os de uma gripe leve, sem dificuldade respiratória, devem manter o isolamento social”, disse a superintendente de Atenção à Saúde, Rafaela Albuquerque.

“Febre, cansaço, dificuldade para respirar, as pontas dos dedos rochas, são sintomas graves do Covid-19. Neste caso, o paciente deve procurar um hospital. Mas isso deve ser acompanhado pela equipe de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, que vai encaminhar o paciente para o hospital que estará preparado para receber esse paciente”, destacou o Dr. Ulisses.

Segundo o médico, esse procedimento é necessário para proteger a saúde da pessoa que está com a Covid-19, que pode pegar outro tipo de vírus ou doença pela exposição no hospital, em meio a pessoas com diversos tipos de doenças, além de evitar que outras pessoas que estão internadas por conta de outras doenças possam ser infectadas com o coronavírus.

“Então, em caso de sintomas leves, informe ao posto de saúde e fique em casa. A equipe de saúde vai te acompanhar e fazer as indicações necessárias. O que não pode é você sentir algum sintoma e já ir direto para o hospital”, enfatizou o Dr. Ulisses, diretor do Hospital Regional de Arapiraca.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.