Quinta, 24 de Junho de 2021 11:37 82 996142974
Saúde Arapiraca

MPF e MP querem que Prefeitura e Estado adotem medidas para evitar colapso nos hospitais de Arapiraca

Os ministérios públicos orientam, ainda, que sejam tornados públicos os critérios de priorização de pacientes para ocupação de leitos de terapia intensiva destinados à COVID-19, caso realmente faltem vagas suficientes para o atendimento da demanda de tratamento de pacientes.

07/06/2021 09h40
63
Por: Roberto Gonçalves Fonte: Cada Minuto
MPF e MP querem que Prefeitura e Estado adotem medidas para evitar colapso nos hospitais de Arapiraca

O Ministério Público Federal e Estadual publicaram uma recomendação conjunta para que o Município de Arapiraca e ao Estado de Alagoas possam adotar todas as providências necessárias para evitar um possível colapso na rede hospitalar do município. 

Arapiraca vem registrando um aumento do casos de Covid-19 e com isso um crescimento número de internações. Na recomendação, foi pedido que os gestores da saúde articulem-se para a criação/ampliação do número de leitos clínicos e de UTI de internação nos hospitais de referência para Covid-19 situados na Região Metropolitana de Arapiraca/AL.

Bem como, a imediata suspensão total do funcionamento de serviços não essenciais na Região Metropolitana de Arapiraca/AL até a concreta ampliação dos leitos disponíveis ou o arrefecimento da taxa de ocupação de leitos para tratamento da Covid-19 a um patamar inferior a 75% da capacidade instalada. Sem que haja prejuízo à campanha de vacinação contra a Covid-19.

Os ministérios públicos orientam, ainda, que sejam tornados públicos os critérios de priorização de pacientes para ocupação de leitos de terapia intensiva destinados à COVID-19, caso realmente faltem vagas suficientes para o atendimento da demanda de tratamento de pacientes.

E, que sejam disponibilizados, nos Boletins Diários publicados nas mídias sociais e em outros canais de comunicação oficial, o número de pacientes admitidos no sistema público de saúde para tratamento da COVID-19 e que se encontram à espera de leitos clínicos ou de UTI por falta de vagas suficientes.

Dados – O Informe Epidemiológico – Monitoramento da Emergência – Covid-19 (Boletim Epidemiológico), da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa), da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), aponta o município de Arapiraca como 2º lugar no ranking dos 102 municípios com a maior Taxa de Incidência (por 100 mil hab.) da Covid-19, bem como informa que foram registrados até 01/06/2021, em Arapiraca, 24.300 casos, 396 óbitos, e 3.030 casos em investigação.

Segundo o boletim de Ocupação Diária dos Leitos Exclusivos para a Covid-19 da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), de 01/06/2021, Arapiraca encontra-se com 95% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 90% de ocupação dos leitos clínicos.

Assinam a recomendação: pelo MPF, os procuradores da República Bruno Lamenha, Julia Cadete, Niedja Kaspary e Roberta Bomfim, que compõem o GT Covid-19 do MPF em Alagoas; pelo MP/AL, os promotores de Justiça Rogério Paranhos e Lucas Mascarenhas.

*Com informações da Assessoria. 

 
 
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (25/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sábado (26/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias