Quinta, 06 de Maio de 2021
82 996142974
Geral História de Alagoas

Segunda-edicao-do-livro-marques-da-silva-a-morte-anunciada-vai-revelar-fatos-inéditos-da-tragedia-que-abalou-arapiraca

O julgamento, esperado com grande expectativa da população arapiraquense foi realizado no dia 17 de julho. A sessão do Tribunal do Júri durou todo o dia e somente terminou na madrugada do dia 18 de julho de 1970. Outro detalhes serão contados na segunda edição do livro.

29/04/2021 15h04 Atualizada há 1 semana
150
Por: Roberto Gonçalves Fonte: Roberto Gonçalves
Segunda-edicao-do-livro-marques-da-silva-a-morte-anunciada-vai-revelar-fatos-inéditos-da-tragedia-que-abalou-arapiraca

O jornalista Roberto Gonçalves está ultimando os últimos detalhes para o lançamento da segunda edição do seu livro reportagem, Marques da Silva –A morte anunciada. O episódio do assassinato covarde e premeditado que teve como vítima o deputado estadual e médico, José Marques da Silva ocorreu em Arapiraca na noite do dia 07 de fevereiro de 1957. O fato culminou com o processo de impeachment do então governador Muniz Falcão.

Nessa segunda edição, os fatos novos são entrevistas com algumas testemunhas vivas da história que irão revelar fatos interessantes dessa história contemporânea de Alagoas.  Outro fato inédito dessa segunda edição, serão os detalhes do julgamento do autor intelectual do crime, o então deputado estadual Claudenor Albuquerque Lima.

O julgamento foi realizado em Arapiraca, 13 anos após o crime e teve como cenário o plenário da Câmara Municipal de Arapiraca localizado na Avenida Rio Branco no Centro. Anos depois o prédio passou por uma grande reforma, que transformou toda a sua originalidade. Atualmente o prédio está desativado sem nenhuma utilidade e pertence ao poder público municipal.

O julgamento, esperado com grande expectativa da população arapiraquense foi realizado no dia 17 de julho. A sessão do Tribunal do Júri durou todo o dia e somente terminou na madrugada do dia 18 de julho de 1970. Outro detalhes serão contados na segunda edição do livro.

No primeiro julgamento, Claudenor Albuquerque foi absolvido por unanimidade, fato que motivou o promotor Joubert Scalla, impetrar um recurso no Tribunal de Justiça De Alagoas, que determinou que o autor intelectual voltasse para novo julgamento.   

Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (07/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sábado (08/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias