Terça, 13 de Abril de 2021
82 996142974
Geral Covid-19

Alagoas registra 429 novas infecções e 23 mortes por Covid-19 em 24 horas

Em todo o estado, 3.482 estão em isolamento domiciliar e outros 148.351 estão recuperados da Covid-19. Outros 10.549 casos estão em investigação laboratorial.

04/04/2021 15h42
80
Por: Roberto Gonçalves Fonte: Assessoria
Alagoas registra 429 novas infecções e 23 mortes por Covid-19 em 24 horas

Alagoas registrou 23 óbitos e 429 novas infecções por Covid-19 nas últimas 24h. Conforme a atualização do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), deste domingo (04/04), o estado tem um total de 156.239 casos confirmados do novo coronavírus e soma 3.643 mortes em decorrência da doença.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Já as novas 23 mortes confirmadas, 12 ocorreram em Maceió e 11 no interior do estado. 

As vítimas de Maceió eram cinco homens de 46, 48, 62, 65 e 81 anos e sete mulheres, sendo uma de 42, uma de 44, uma de 50, uma de 55, uma de 56 e duas de 65 anos.

O homem de 46 anos era hipertenso, diabético, obeso, ex-tabagista e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 48 anos era hipertenso, obeso e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 62 anos era diabético e também morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 65 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 81 anos era hipertenso, tinha sequelas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e morreu no Hospital Universitário (HU) de Maceió; a mulher de 42 anos tinha epilepsia e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 44 anos era obesa e morreu no Hospital Veredas, em Maceió; a mulher de 50 anos era hipertensa e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 55 anos era hipertensa, diabética e também morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; a mulher de 56 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Arthur Ramos, em Maceió; a primeira mulher de 65 anos era hipertensa, diabética, ex-tabagista e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; e a segunda mulher de 65 anos era hipertensa, diabética e também morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió.

Em relação às 11 vítimas que residiam no interior de Alagoas, foram quatro homens de 56, 60, 67 e 70 anos e sete mulheres, sendo uma de 57, duas de 62, uma de 65, uma de 73, uma de 74 e uma de 78 anos.

 O homem de 56 anos, residia em Quebrangulo, tinha doença cardiovascular, diabetes e morreu na Unidade de Pronto de Pronto Atendimento (UPA) de Palmeira dos Índios; o homem de 60 anos, residia em São José da Laje, era hipertenso, diabético e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares; o homem de 67 anos, morava em Viçosa, era hipertenso, diabético e morreu no Hospital Universitário (HU) de Maceió; o homem de 70 anos, morava em Santana do Mundaú, era diabético e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares; a mulher de 57 anos, residia em Penedo, era cardiopata, diabética, hipertensa e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; a primeira mulher de 62 anos, morava em Teotônio Vilela, era hipertensa e morreu  no Hospital Veredas, em Maceió; a segunda mulher de 62 anos, era de Quebrangulo, tinha hipertensão, diabetes e morreu no Hospital Regional Santa Rita, em Palmeira dos Índios; a mulher de 65 anos, morava em Atalaia, era hipertensa, diabética e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; a mulher de 73 anos, morava em Arapiraca, tinha hipertensão, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), era tabagista e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 74 anos, morava em Arapiraca, tinha hipertensão, obesidade e morreu também no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; e a mulher de 78 anos, também residia em Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca.

Em todo o estado, 3.482 estão em isolamento domiciliar e outros 148.351 estão recuperados da Covid-19.  Outros 10.549 casos estão em investigação laboratorial. 

Leitos

 Dos 1.338 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 803 estavam ocupados até às 16 horas do sábado (03/04), o que corresponde a 60% do total. Atualmente, 328 pacientes estão em leitos de UTI, 21 ocupando leitos intermediários e 454 em leitos de enfermaria. 

 
 
Ele1 - Criar site de notícias