Terça, 13 de Abril de 2021
82 996142974
Esportes Campeonato Alagoano

ASA liga o sinal de alerta para não repetir campanha do Alagoano de 2019, quando quase foi rebaixado

Naquele ano, o Fantasma se garantiu na primeira divisão apenas na última rodada; aproveitamento em 2021 é mais baixo

18/03/2021 10h09
44
Por: Roberto Gonçalves Fonte: Gazetaweb
ASA liga o sinal de alerta para não repetir campanha do Alagoano de 2019, quando quase foi rebaixado

O Alagoano ainda está no seu início, com a maioria dos times tendo feito três partidas das nove rodadas totais da primeira fase. Mas, no Fumeirão, o sinal de alerta já foi ligado. Até mesmo pelo técnico do ASA, Ademir Fonseca. Em 8º lugar, o Fantasma está na zona de rebaixamento e tem desempenho pior do que em 2019, quando quase caiu.2021 começou bem para o ASA, com o título da Copa Alagoas e garantindo a vaga na Série D de 2022. Mas. no Alagoano, a situação piorou vertiginosamente. Em três jogos, nenhuma vitória. São, até o momento, dois empates e uma derrota. Um gol marcado e um sofrido. O aproveitamento é baixíssimo, com 22,2%. Para comparação, o Dimensão Saúde, rebaixado em 2019, teve 19% de aproveitamento. E somente um time caía naquele ano.

Em 2019, o ASA se livrou do rebaixamento apenas na última rodada, ao empatar com o Jaciobá e o Murici bater o Dimensão Saúde. Naquele ano, o time de Arapiraca terminou o campeonato na 7ª posição, com sete pontos conquistados. Um aproveitamento de 33,3%. “Nós temos que acender o sinal de alerta sim. Sabemos que a tabela é difícil e não há adversário fácil”, disse Ademir após o empate com o CSE na última rodada.

Na última segunda (15), a diretoria optou por dispensar quatro nomes do plantel. O lateral Wander, o zagueiro Martony, o meia Echeverría e o atacante Erivan. Sem essas peças, Ademir Fonseca iniciou a preparação para enfrentar o CSA no próximo dia 27, pela 5ª rodada do Alagoano, no Fumeirão.

 
Ele1 - Criar site de notícias