Quatro mulheres foram agredidas durante um ato político, na noite desta quinta-feira (12/11), na cidade de Traipu, região do Baixo São Francisco do Estado. As agressões teriam sido praticadas por apoiadores do atual prefeito, que é candidato a reeleição, Silvino Bezerra Cavalcante. As vítimas estão apoiando um candidato da oposição, e relatam que não é a primeira vez que as agressões acontecem. A reportagem da Rádio 91.5 FM conversou com as mulheres, na manhã desta sexta-feira (13/11), no Instituto Médico Legal de Arapiraca, onde foram realizar os exames de corpo de delito.

As mulheres foram identificadas como Maria de Fátima Azevedo, que teve o nariz quebrado; Rita de Cássia, que teve hematoma no corpo; Marcela Beatriz que teve o braço lesionado; e Bruna Luana, que está grávida de dois meses, que foi puxada pelos cabelos e agredida com chutes.

Maria de Fátima Azevedo disse à reportagem que “estávamos no acostamento, esperando a carreata passar, quando veio uns homens que em cima do carro de som, fazendo gestos obscenos, pegando em suas partes íntimas, e eu peguei meu celular para fazer uma filmagem, foi quando vieram pra cima de mim, me agredindo com bandeiradas, e quando virei o rosto ele me deu um soco que quebrou meu nariz”. A vítima estava com vários arranhões no braço e também com o Raio X que comprova a fratura no nariz.

Grávida de dois meses, Bruna Luana, relatou que “me puxaram pelo cabelo de costas, me jogaram no chão e começaram a chutar o lado esquerdo da minha barriga. Chamei a Polícia e me levaram para a maternidade onde estavam as outras vítimas”

As mulheres contam que familiares do candidato tentaram “abafar” a situação, e não prestaram nenhum tipo de assistência.

“Nesse momento a gente não pode se calar diante dessa situação, conversamos com um dos filhos do atual prefeito e ele quis que a gente se calasse. Não é a primeira, já é a terceira vez, que nos agridem fisicamente e verbalmente, eles esculhambam a gente, acredito que uma campanha tem que ser feita com dignidade, então atual prefeito peço que sua equipe tenha mais respeito com o eleitores, que independente de quem fique na prefeitura nós somos os eleitores que colocamos você lá”, finalizou Maria de Fátima.

Até o momento, a assessoria do candidato não se pronunciou sobre o assunto.